EDP patrocina exposição ‘Cores e Re-Descobertas’ de José Moura-George

edp news

EDP patrocina exposição ‘Cores e Re-Descobertas’ de José Moura-George

Wednesday 03, April 2013

Mostra gratuita faz parte das comemorações do Ano de Portugal no Brasil.

Acontece no próximo dia 12, sexta-feira, a inauguração da exposição, do artista luso José Moura-George, ‘Cores e Re-Descobertas’. Patrocinada pela EDP no Brasil, empresa do Grupo EDP Energias de Portugal, a mostra, que estará no Consulado Geral de Portugal em São Paulo, terá 11 obras inéditas que retratam o que foi visto na chegada dos portugueses ao Brasil.
 
Com entrada gratuita e aberta ao público, a mostra sintetizará os mais de 500 anos da relação entre os dois países. A exposição de acrílicas – pensada especificamente para a Sala Camões do Consulado Geral de Portugal em São Paulo – apresentará a grandeza e versatilidade das relações entre as duas Nações no plano cultural, humano, técnico e empresarial, através da identificação simbólica das suas diversas manifestações.
 
José Moura-George, reinterpretará por meio das pinturas e variações de cor e forma, o nascimento de um País e de como ele foi sendo sucessivamente reinventado no imaginário português.
 
A comemoração do Ano de Portugal no Brasil, nas obras de Moura-George, convida a conhecer o significado da descoberta do Brasil e também um olhar sobre o seu futuro.
 
SERVIÇO
Exposição: ‘Cores e Re-Descobertas’ de José Moura-George
Período da exposição: de 12 de abril a 03 de maio
Hora: 12 às 16 horas (segunda à sexta-feira)
Local: Consulado Geral de Portugal em São Paulo - Sala Camões (Rua Canadá, 324 – São Paulo/SP) 
 
Sobre José Moura-George
 
Nascido em Lisboa, estudou em três escolas de arte e design na Inglaterra e desenvolveu trabalhos em Londres, Nova York e São Paulo.
Participou do Movimento da Pintura Abstrata Expressionista na Costa Este e em vários outros países da América, trabalhando e tendo contato com
importantes artistas e designers.
 
Desde 1964 participa de exposições individuais e coletivas tanto na Europa como nas Américas, mantendo constante atividade e participação em diversos eventos e exposições
.
Além do seu currículo como artista plástico presente em coleções particulares e institucionais, também é possível encontrar alguns de seus trabalhos e projetos como designer, publicados e expostos em museus. É co-autor do livro “A Book of Answers”, editado em Londres, e autor do livro “Design Industrial – Reflexões”, editado em Lisboa.
 
Integra o movimento Pop Art fundado por Peter Blake, David Hockney e Kitaj, leciona no West Sussex College of Art and Design e atualmente está com seus painéis expostos em ateliers de Lisboa e São Paulo, como: MuBE - Museu Brasileiro de Escultura, Museu de Arte Moderna e Galeria Mônica Filgueiras.