EDP no Brasil registra EBITDA de R$ 353 milhões no quarto trimestre de 2012

edp news

EDP no Brasil registra EBITDA de R$ 353 milhões no quarto trimestre de 2012

terça-feira 05, Março 2013

No acumulado do ano, o EBITDA registrado foi de R$ 1,3 bi.

A EDP no Brasil, empresa do grupo EDP Energias de Portugal, registrou receita líquida de R$ 1,89 bilhão no quarto trimestre de 2012, incremento de 39,8% no comparativo com o mesmo período de 2011 (R$ 1,35 bilhão). No acumulado do ano, o valor obtido foi R$ 6,3 bilhões. 
 
 O EBITDA (lucro antes de impostos, resultados financeiros, depreciação e amortização) atingiu, de outubro a dezembro de 2012, R$ 353,0 milhões, o que representa aumento de 18,9% em comparação ao mesmo período de 2011 (R$ 296,9 milhões). O lucro líquido foi de R$ 150,7 milhões no quarto trimestre de 2012, valor 84,2% maior que o registrado de outubro a dezembro de 2011 (R$ 81,8 milhões). No acumulado do ano, o valor foi de R$ 341,6 milhões. Já os investimentos neste trimestre somaram R$ 353,7 milhões, incremento de 25,4% em relação ao mesmo período do ano anterior (R$ 282,1 milhões) e, no ano, o valor investido foi R$ 976,8 milhões.
 
Um dos destaques do quarto trimestre foi entrada em operação comercial, em 1 de dezembro de 2012, da primeira unidade geradora da Usina Termelétrica Energia Pecém uma parceria 50%/50% entre a EDP no Brasil e a MPX. Já como evento subsequente ao período, em 20 de fevereiro foi realizado a sincronização ao Sistema Interligado Nacional (SIN) da segunda unidade geradora da UTE Energia Pecém.
 
Além disso, no Leilão A-5, realizado em 14 de dezembro, a EDP no Brasil obteve a concessão da Central Hídrica de Cachoeira Caldeirão, que será construída no Estado do Amapá, no rio Araguari, com capacidade instalada de 219 MW. A previsão de investimento é de R$ 1,1 bilhão e a entrega da energia começa em janeiro de 2017. Quando entrar em operação, a EDP no Brasil terá uma capacidade instalada de 2.844 MW.
 
 
*Os valores financeiros da Companhia já estão ajustados ao novo padrão contábil brasileiro. Informações complementares podem ser obtidas no sitewww.edpbr.com.br/ri.
 ​