EDP apresenta o vencedor da 2ª edição do EDP 2020 - Prêmio de Inovação e Empreendedorismo

edp news

EDP apresenta o vencedor da 2ª edição do EDP 2020 - Prêmio de Inovação e Empreendedorismo

domingo 27, Maio 2012

Premiação contou com mais de 50 projetos inscritos e ganhador receberá R$100 mil para desenvolver o projeto

A EDP no Brasil, empresa do Grupo EDP Energias de Portugal, elegeu o projeto "Energia Verde do Sertão" o vencedor da 2º edição do EDP 2020 - Prêmio de Inovação e Empreendedorismo. A premiação aconteceu no dia 23 de março, em São Paulo. A primeira parte dos R$100 mil destinados ao ganhador, cerca de R$20 mil foi entregue na ocasião e o restante do valor será disponibilizado durante a execução do projeto.

O idealizador do projeto foi o engenheiro químico Diego de Moura Rebouças, 27 anos, e seu projeto consiste em realizar a troca de combustíveis poluentes por biomassa em usinas térmicas. Além de gerar energia limpa, essa prática também tem um fator social importante, pois poderá possibilitar nova forma de renda para as comunidades locais com essa substituição.


Os projetos apresentados estavam integrados com os macrotemas definidos, como soluções para cidades auto sustentáveis (emissões zero), geração de energia renovável, redes inteligentes de distribuição de energia, abastecimento para veículos elétricos, armazenamento e distribuição de energia, e captura e armazenamento de carbono. Os projetos foram avaliados pelo seu grau de inovação, viabilidade de execução e impacto ambiental e social.

Vinte e dois (22) projetos de universidades brasileiras se inscreveram no prêmio, a maioria na região sudeste, seguida da região sul. Grande parte das propostas inscritas foi baseada em geração de energia limpa e abastecimento e utilização de energia elétrica para cidades sustentáveis.

Assim como na 1º edição, a seleção aconteceu em três etapas. Na primeira etapa, os trabalhos foram analisados por uma comissão avaliadora. Depois, 20 projetos foram selecionados para um curso de empreendedorismo, na Fundação Getúlio Vargas (FGV) e, na última etapa, dez candidatos foram escolhidos por profissionais da EDP, professores e analistas da FGV. Após esse processo, foram selecionados três finalistas, dentre os quais a Diretoria da EDP no Brasil selecionou o grande vencedor da 2º edição.


Lançado em 2010, o EDP 2020 - Prêmio de Inovação e Empreendedorismo foi idealizado com o propósito de estimular o desenvolvimento de projetos inovadores no setor energético brasileiro. A intenção do Grupo EDP é ampliar as tecnologias e soluções no campo das energias renováveis, das redes inteligentes, da mobilidade elétrica, da eficiência energética, da micro-geração, das cidades sustentáveis, e de outras áreas que marcam os novos paradigmas do setor energético.

Para concorrer ao prêmio em dinheiro de R$ 100.000,00, os candidatos devem apresentar um projeto que ofereça soluções clean tech (tecnologia limpa) para o setor energético brasileiro. Durante 10 anos, até 2020, a EDP irá premiar com R$ 1 milhão, projetos inovadores.

O integra a política de inovação adotada pela Companhia e está ancorado na previsível transformação dos atuais paradigmas do setor energético e para contribuir com o uso racional dos recursos escassos e a mitigação de impactos ambientais.


As inscrições para a 3º edição do Prêmio EDP Inovação 2020 serão abertas no final de março deste ano